Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Parir em Paz

Parir em Paz

Amanhã é o “Dia Internacional da Guerrilha Girassol”

No dia 1 de Maio a Jardinagem de Guerrilha (Guerilla Gardening), em todo o mundo, irá semear girassóis por todo o lado. É uma forma de trazer beleza e muita diversão para ti e para os teus amigos e vizinhos !

2010 é o quarto “Dia Internacional da Guerrilha Girassol” (International Sunflower Guerrilla Gardening Day) e desta vez calha a um sábado! Portanto, esperamos que este evento seja o maior e o mais colorido de sempre!

Faz um plano para o dia 1 de Maio! Procura no teu caminho habitual ou na tua vizinhança um pedaço de terra pública – um jardim degradado, um canteiro abandonado, ou mesmo um espaço com terra junto a uma árvore… Imagina estes lugares com girassóis enormes e o que isso poderia causar às pessoas que por lá passarem! ;)

Dirige-te à uma loja de sementes próxima e adquire as suas sementes de girassol! Com 1 euro compras muitas sementes!

Se quiseres, podes partilhar as tuas ideias e criar grupos de discussão/organização local no Grupo Jardinagem de Guerrila – Facebook http://www.facebook.com/#!/group.php?gid=113904988644294&ref=ts .

Poderás fazê-lo igualmente no Forum do Evento internacional, em GuerrillaGardening.org http://guerrillagardening.org/community/index.php

Espalha a palavra aos amigos e a outros Jardineiros de Guerrilha!

Cadastra-te também no grupo GuerrillaGardening.org, no Facebook http://www.facebook.com/group.php?gid=2341197575

Tudo que precisas são as sementes, algo para fazer um buraco no chão (2 a 5 cm) e um pouco de imaginação!

Dicas estão disponíveis aqui:
http://www.guerrillagardening.org/ggsunflower.html

Este Dia foi lançado por http://brussels-farmer.blogspot.com/
e é defendido por http://www.GuerrillaGardening.org

(Nesta época do ano os girassóis são mais adequado para plantio no Hemisfério Norte, por isso, se estiveres no hemisfério sul podes optar por uma ideia diferente! (Faz a Guerrilha Girassol em Novembro).

É bom fazer ginástica e poder levar o bebé!!!!



B&M Gym nível 2 - Onde as mães pode exercitar o seu corpo e fortalecer o seu períneo na companhia dos seus filhos. A ginástica inclui a participação activa do bebé.
Ginástica,brincadeira e socialização entre mamãs e os seus bebés mais crescidos!

A mãe pode obter grandes benefícios da realização de exercícios com o seu bebé, o peso deste acaba por ajudar a trabalhar os músculos de uma maneira mais eficaz.
Uma maneira diferente e mais divertida de fazer ginástica!

Ajuda a mãe a recuperar a sua forma física, com exercícios específicos para a zona perineal, abdominal e peitoral, enquanto o seu bebé desenvolve as suas capacidades psicomotoras.
Nos últimos 10 minutos de aula temos "discussões maternas" onde damos e recebemos dicas, partilhamos duvidas e medos. São conversas entre mulheres!

Benefícios para as mamãs:
* Convívio com outras mãe
* Melhoria da sua condição física
* Melhoria da tonificação vaginal
* Maior vinculo com o bebé/criança
* Diminui a ansiedade em relação ao bebé
* Promove segurança maternal
* ....

Benefícios para os bebés/criança:
* Socialização
* Estimulação precoce
* Desenvolvimento da capacidade psicomotora
* Os bebés dormem melhor ( e as mamãs também! )
* Estimular os 5 sentidos
* Favorece a libertação da hormona de crescimento
* Relaxar e tonificar

HUG (Linda a Velha) todas as 2ª ás 17h ( 1x 35 euros )
E em sua casa no horário que desejar!
Contacte-me para mais informações:
catarinapardal@sapo.pt
919267844

Então e as Doulas???

Confesso que foi com alguma desilusão que li a reportagem " Na melhor companhia " sobre o acompanhamento de mulheres em trabalho de parto. Falavam do pai, da avó, da prima.... mas das Doulas nada!

Reparem na fotografias :) para mim é uma doula que esta a amparar aquela mulher recém parida.

Par quem não sabe o que é uma Doula:

A palavra "doula" vem do grego e significa "mulher que serve". Hoje em dia, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional às outras mulheres durante a gravidez, no trabalho de parto e parto ( não praticam qualquer acto médico como fazer toques ou medir a tensão )
Durante a gravidez a doula ajuda a mulher e o casal a prepararem-se para o parto.

Durante o parto a doula dá suporte físico e emocional. As pesquisas mostram que a presença da doula no parto pode:
- diminuir em 20% a duração do trabalho de parto
- diminuir em 60% os pedidos de anestesia
- diminuir em 40% o uso da oxitocina
- diminuir em 40% o uso de fórceps.

Após o parto, dá apoio especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebé.

Não serão as Doulas umas excelentes companhias no parto? Vou escrever para a revista, se mais alguem quiser escrever para falar sobre "a melhor companhia" a ter no parto o mail é paisefilhos@motorpress.pt

Tu comes numa casa de banho?

Então porque é que o teu bebé tem de comer????





E tu escondes-te na casa de banho para dar de mamar?




Uma vez, um segurança de um centro comercial, teve a triste ideia de me pedir para ir para uma casa de banho dar de mamar ao meu pirata. Ele já tinha 2 anos e como podem imaginar tapava-me o peito todo, por isso nem podia ser por estar a mostrara as mamas ( o mais curioso é que até estávamos ao pé de uma tabacaria com revistas tipo playboy na montra :) depois de pedir o regulamento interno do centro comercial onde estaria proibido o acto de amamentar em publico, veio uma senhora que muito educadamente me voltou a pedir para ir amamentar num "local mais recatado", que eles até tinham uns cadeirões muito confortáveis na casa de banho.... eu respondi-lhe que não ia para uma casa de banho, pois se as mães que dão biberão o podem fazer em qualquer lado eu também posso e mais, que ia organizar um encontro de mães no centro comercial - todas a a amamentar os seus filhos. A senhora pediu-me desculpa e disse para continuar :)))

E vocês dão de mamar em publico? Como fazem? Tapam os bebés?
( lembrei-me deste grupo do face - If breastfeeding offends you, put a blanket over YOUR head! )
E ficam ofendidos por verem um bebé a mamar em publico?

Já não é preciso ter de deixar o bebé para ir ao ginásio!

Porque algumas mães começaram trabalhar e deixarem de fazer M&B Gym por não terem horário....

Porque algumas mães decidiram ficar em casa com os seus filhos, mas deixarem de fazer M&B Gym porque eles já gatinham ( ou já andam ) e não ligam nenhuma á aula....

DECIDIMOS CRIAR O M&B GYM NÍVEL 2!!! Onde as mães pode exercitar o seu corpo e fortalecer o seu períneo na companhia dos seus filhos. A ginástica inclui a participação activa do bebé.


Ginástica,brincadeira e socialização entre mamãs e os seus bebés mais crescidos!

A mãe pode obter grandes benefícios da realização de exercícios com o seu bebé, o peso deste acaba por ajudar a trabalhar os músculos de uma maneira mais eficaz.
Uma maneira diferente e mais divertida de fazer ginástica!

Ajuda a mãe a recuperar a sua forma física, com exercícios específicos para a zona perineal, abdominal e peitoral, enquanto o seu bebé desenvolve as suas capacidades psicomotoras.
Nos últimos 10 minutos de aula temos "discussões maternas" onde damos e recebemos dicas, partilhamos duvidas e medos. São conversas entre mulheres!

Benefícios para as mamãs:
* Convívio com outras mãe
* Melhoria da sua condição física
* Melhoria da tonificação vaginal
* Maior vinculo com o bebé/criança
* Diminui a ansiedade em relação ao bebé
* Promove segurança maternal
* ....

Benefícios para os bebés/criança:
* Socialização
* Estimulação precoce
* Desenvolvimento da capacidade psicomotora
* Os bebés dormem melhor ( e as mamãs também! )
* Estimular os 5 sentidos
* Favorece a libertação da hormona de crescimento
* Relaxar e tonificar

AULA ABERTA HOJE 2ª FEIRA DIA 26 DE ABRIL - APAREÇAM!!!

HUG (Linda a Velha) 2ª ás 17h ( 1x 35 euros )
E em sua casa no horário que desejar!
Contacte-me para mais informações:
catarinapardal@sapo.pt
919267844

Parto normal a caminho de uma revolução de conceitos

Lisboa, 25 abr (Lusa) - A indução do trabalho de parto e o uso de fórceps ou de ventosas podem vir a ser procedimentos excluídos do conceito de parto normal, segundo um documento em análise na Direcção-Geral da Saúde (DGS).

"Pelo direito ao parto normal" é um projeto de promoção do parto natural "sem qualquer intervenção, mas assistido por profissional de saúde", proposto por um vasto grupo de especialistas em saúde reprodutiva.

A indução do trabalho de parto (com recurso a medicamento ou ruturas de membranas), o uso de fórceps, ventosas ou anestesia geral ficam, segundo esta proposta, excluídos da classificação de parto normal, bem como o nascimento por cesariana.


Devagar... mas no bom caminho!

Reflexologis no HSM

A Reflexologia Infantil vai estar hoje no Hospital de Santa Maria numa formação para pais. É mais um passo gigante em direcção à acreditação desta técnica que permite a tantos pais assumirem a saúde dos seus filhos nas suas mãos!

Posições para o parto

"Durante meu trabalho de investigação numa grande maternidade jamaicana, havia uma luta constante entre as parturientes e as parteiras, querendo as primeiras levantar-se para se agacharem ou balançarem o pélvis para trás e para a frente, com os joelhos fletidos, e tentando as segundas metê-las na cama, onde deveriam deitar-se sossegadas, como boas doentes.

Uma freira da classe média, que estava de serviço na sala de parto, embaraçada por eu, uma pessoa de fora, estar a assistir a isto, disse: 'Não sei como aguenta ver isto. Elas são como animais!' O pessoal estava perfeitamente consciente de que os movimentos executados pelas parturientes não eram adequados a um código de comportamento da classe média branca e sentiam-se envergonhadas.

As índias Sia sentam-se num banquinho baixo, enroladas num cobertor, de costas para o fogo, levantando-se e caminhando quando têm vontade. No momento da expulsão, ajoelham-se numa cama de areia, com as mãos agarradas ao pescoço do pai e as costas apoiadas ao corpo da parteira, que está sentada com os braços passados em torno delas, dando-lhes massagens no ventre. Entre os nômades siberianos, a parturiente apoia-se a duas traves paralelas, a cerca de um metro uma da outra, ligadas por uma barra transversal; durante as contrações fica suspensa
por baixo dos braços, de modo que toda a parte de baixo do corpo fica descontraída, apoiada à barra. Na Ilha de Páscoa, que constitui uma exceção dado os parteiros serem do sexo masculino, a mulher decide se prefere ficar de pé com as pernas afastadas ou sentada; o parteiro fica de pé atrás dela, apoiando-a com o seu corpo e dá-lhe massagens lentas e ritmadas no ventre.

A posição que a mulher adota durante as últimas fases do trabalho de parto pode variar, desde sentada nas cadeiras e banquinhos usados na Europa medieval (que só se modificou no reinado de Luís XIV, quando os obstetras convenceram as amantes do rei a dar à luz deitadas em mesas de modo a que aquele, escondido atrás de uma cortina, pudesse ver tudo)[apud Pete M. Dunn, "Obstetric Delivery Today", Lancet, April 10, 1976.], até balançar pendurada nas traves da cabana. A posição mais freqüentemente adotada, e que é também a mais vantajosa do ponto de vista fisiológico, é com as costas curvadas, os joelhos fletidos e os músculos que percorrem a parte interior das coxas descontraídas..."


Sheila Kitzinger, Mães - um estudo antropológico da maternidade.
Lisboa, Presença, 1978; pp.93-94

Pág. 1/4

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub