Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Parir em Paz

Parir em Paz

ALERTA OMS

É a primeira vez que a OMS recomenda, de forma clara, que a prática das cesarianas deve ser limitada a razões médicas, segundo outro especialista da OMS, Metin Gulmezoglu.

Até à data, a OMS afirmava que a "taxa ideal de cesarianas" estaria situada entre 10 e os 15%. Este parâmetro foi estabelecido em 1985, mas, nos últimos anos, a prática de cesarianas cresceu significativamente em quase todo o mundo.

A taxa de cesarianas por gestantes atingiu os 23% na Europa, os 35,6% nas Américas e os 24,1% na região do Pacífico Ocidental, segundo os dados mais recentes da OMS, relativos a 2008.

Só o continente africano (3,8%) e o sudeste asiático (8,8%) ficaram de fora deste fenómeno.

Em certos países verifica-se uma verdadeira "cultura da cesariana", sublinhou a agência das Nações Unidas, que dá como exemplo o Brasil.




http://www.noticiasaominuto.com/mundo/373654/cesarianas-so-devem-ser-realizadas-por-razoes-medicas




Para reflectir

A “epidemia das cesarianas” está a chegar a grande parte do mundo ocidental. Nos Estados Unidos, por exemplo, o número de nascimentos por via cirúrgica está nos 33%. Em França, as cesarianas representam 21% do total dos partos e no Brasil o número sobe para 52%. Em Portugal, a percentagem de cesarianas em hospitais é de 35% — dados da Pordata.

http://observador.pt/2015/04/12/cesarianas-so-devem-feitas-realmente-necessario-alerta-oms/

Semana mundial pelo parto respeitado 2015


Créditos fotográficos 
lievetobback@hotmail.com
www.facebook.com/LieveTobbackFotografia


Para a Semana Mundial Pelo Parto Respeitado 2015 - promovida pela Alliance Francophone pour l’Accouchement Respecté (AFAR) e pela European Network of Childbirth Associations (ENCA) - o projecto Eu Quero Parir Em Paz convida as famílias a enviarem fotos que divulguem a importância e os benefícios do suporte contínuo no trabalho de parto, parto e pós parto, além de destacar o parto e o nascimento como questões de saúde pública. 

A proposta é reunir numa exposição e fazer um filme com imagens que retratem momento de amparo às parturientes, seja técnica, física ou emocionalmente, por profissionais, membros da família, animais de estimação e etc,  O importante é que a imagem demonstre como esse apoio e cuidado empáticos ajudam uma mulher nesse processo.

As fotos devem ser enviadas para o parirempaz@gmail.com até dia 1 de maio

instruções para participar: 

1- A foto a ser enviada deve estar na resolução original (tal como foi retirada da câmara) ou na melhor resolução possível.

2- É necessário que cada pessoa presente na fotografia envie uma autorização de uso de imagem por escrito.

3- A foto e  as autorizações devem ser enviados para o endereço parirempaz@gmail.com até o dia 1/05/
2015. Deve ser colocado no ASSUNTO o seguinte texto: FOTO SMPR 2015 

A mensagem deve conter os seguintes dados do parto e da foto:
- Nome da mulher em trabalho de parto / parto;
- Nome do bebé que nasceu;
- Nome de todas as pessoas que aparecem na foto, especificando sua relação com a mulher (ex: mae, pai, filho, doula, enfermeiro, médico)
- Data do parto (dia/mês/ano)
- Local do parto (domicilio, casa de parto, hospital)
- Curiosidades do parto (opcional): Se foi natural, se foi na água, etc 
- Créditos: nome do fotógrafo ou empresa de fotografia que fez a foto
- Frase escrita pela mãe descrevendo a importância de ter recebido apoio no momento do parto, mencionando suas percepções, sentimentos e sensações relacionadas ao apoio.

Instruções para o preenchimento das autorizações:
- É necessária uma autorização por adulto que aparece na foto.
- A autorização do uso de imagem das crianças que aparecem na foto deve ser feita juntamente com a autorização de um dos adultos que seja legalmente responsável por elas.


Participem!!



Créditos fotográficos :





















Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub